sábado, abril 03, 2010

In Memoriam VI




Ao contemplar teu viçoso semblante, celestina rosácea em floração, assomam-me copiosas lágrimas aos olhos!

Louvor eterno à Dzhennet Abdurakhmanova, ínclita entre as mais ínclitas, arcanjo vingador cingido por solene shador, resignada a matar e a morrer pela glória de المميت !

Que para ti se descerrem, venerável guerreira santa, os fúlgidos pórticos da Arcana Coelestia!






Ten. Giovanni Drogo

Forte Bastiani

Fronteira Norte - Deserto dos Tártaros

Sem comentários: